Descubra se você é cringe na decoração

Decoração

Tá aí um assunto que bombou nas redes sociais nessa passagem de semestre de 2021! O termo “cringe” certamente já foi visto por você que está lendo esse artigo agora, talvez você ainda não saiba sobre o que se refira, mas já deve ter batido o olho em algumas “manchetes” – expressão cringe, com certeza!

Mas vamos lá, o que significa ser cringe?

Cringe nada mais é do que é um termo em inglês que não tem tradução específica, mas que pode ser entendido como “vergonha alheia”.

Os memes sobre cringe são relacionados a “vergonha alheia” que a geração Z sente em relação aos hábitos / gostos da geração dos Millennials.

Aliás, em qual geração você está?

Anos 40 a 60 – Baby Boomers

Anos 60 a 80 – Geração X

Anos 80 a 1999 – Geração Y / Millennials / Cringes

2000 – Atual – Geração Z

Já fez o teste para saber quão cringe você é?

E aí, qual foi o seu resultado? Super, pouco ou nada cringe. Deixe seu resultado nos comentários!

Bom, provavelmente daqui em diante, somente os muitos cringes ficarão para a leitura, rs. Ops, acabei de me entregar com o “rs”…

Por aqui, uma cringe pura – de 1993, que mesmo atrasada toma café da manhã, ainda olha o facebook, tem praticamente uma coleção de plantas em casa, um móvel restaurado que pertenceu a bisavó (nostalgia pura), fã de Sandy&Junior, e se alguém da geração Z tá aqui ainda, certamente já está muito envergonhado por mim, ou acaba de abandonar a leitura, rsrs.

Brincadeiras a parte, nossa geração realmente adora referências nostálgicas, tem uma rotina corrida com mil afazeres, e por isso, preza pela decoração mais minimalista que tenha o necessário para um lar aconchegante e funcional.

E se você é do meu time, já vou deixar algumas dicas para quando finalizar essa leitura, espia nosso post sobre plantas na decoração, você com certeza vai ficar com vontade de ter mais algumas.

Plantas na decoração de casa cringe
Fonte: casa.com.br
Estantes como suporte para plantas
Fonte: Ali Express

Depois passa pelo post de coleções na decoração, se você foi ou é um fissurado por Harry Potter, Friends ou Sandy & Junior, por exemplo, com certeza tem alguma referência nostálgica sobre isso que merece um cantinho especial na sua casa. <3

Decoração com o tema da serie Friends
Fonte: casa.com.br
Coleção de itens do Harry Potter
Fonte: pinterest

Sobre adorar café da manhã? Vai além disso, amamos ter um motivo para fazer uma mesa posta linda, seja para um brunch, jantar com amigos ou mesmo um café da manhã demorado.

Então se você é ou frequenta a casa de um cringe, provavelmente se depara com mesas caprichadas e um cantinho especial para o café.

Cantinho do café em casa
Fonte: beacm
Decoração do cantinho do café
Fonte: etsy

Outra característica dessa geração, é que embora sejam adeptos da tecnologia, muitos ainda preferem algumas coisas físicas, e uma das principais é a leitura. Afinal, nada se compara a um bom livro e uma xícara de café no sossego do seu lar, não é mesmo?

Por isso, livros pela decoração da casa, também é uma característica da decoração cringe.

Decoração com livros na sala
Fonte: liathadas

E aí, qual foi seu score de decoração cringe? Nada, pouco, médio, muito ou super cringe?

Cringe ou não, muitas coisas que nós achávamos um “mico” da geração X, hoje são praticadas por nós e viraram cringe para a geração Z.

Ou vai dizer que não existe nada que seus pais faziam e você achava o cúmulo, e hoje faz exatamente igual, e talvez até tenha iniciado esses hábitos mais cedo que eles…

Tipo gostar de sopa? Ter café como a bebida preferida?

São ciclos, e o que realmente importa, na vida e na decoração, são as coisas que nos deixam bem e nos aquecem internamente.

Beijos e até o próximo!

(Acho difícil ser mais cringe – nostálgico que esse).

Sobre a autora:

Jociane Richter

A Joci é Relações Públicas especialista em e-commerce e marketing digital, catarinense com coração paranaense (nasceu e reside em SC, mas, cresceu e tem raízes no PR), observadora, curiosa, ciclista de final de semana, e ansiosa para construir e decorar a casa própria.

Veja mais artigos dela

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *